Doctor Who: Review da 10 Temporada

 Está um pouco atrasado mas cá está o review da décima temporada de Doctor Who, última temporada com Peter Capaldi como Doctor e também a última de Moffat a frente da serie, vai fazer falta.


 Vale lembrar que este artigo contém spoilers, leia por conta e risco, ok?

 Logo que os primeiros episódios de Doctor Who saíram eu fiz uma analise prévia do que esperar da décima temporada, e lendo aquele artigo hoje vi que quebrei a cara em muitos aspectos, citei que não gostava do personagem Nardole (Matt Lucas) e esperava que ele se mantivesse como coadjuvante mas como eu quebrei a cara, o personagem é muito bom, Nardole é o típico personagem que faz comentários fora do contexto, piadas sem graça, e muitas vezes fica amolando o Doctor (Peter Capaldi), no entanto o personagem teve momentos brilhantes em que se mostrava tão genial quanto o Time Lord, foi uma excelente surpresa na temporada.

 Já Bill Potts (Pearl Mackie) eu gostei de cara, no entanto eu fiquei com um pouquinho de receio, afinal de contas ela herdou o posto da Clara Oswald (Jenna Coleman), posso assegurar hoje que a Bill foi uma das melhores companions que já passaram na serie, Bill não segue aquele padrão de "donzela em perigo" e muitas vezes questiona as decisões do Doctor, a personagem em sua curta passagem pela serie espalhou diversos diálogos brilhantes, colocando os espectadores e o Time Lord para refletirem, infelizmente a personagem teve um final trágico e ainda sim muito bonito, é de se esperar que a próxima companion (ou o próximo) da Doctor mantenha o nível de excelência que a Bill criou, farei em breve meu top 5 companion de Doctor Who e podem apostar que ela vai estar lá.

Bill e o Doctor

 Desde a primeira temporada da nova serie que não temos uma temporada inteira com pelo menos um episódio dedicado aos principais vilões do Doctor, os Daleks, os personagens fizeram apenas rápidas passagens em alguns episódios, esta temporada foi tão intensa que nem ao menos deu espaço para sentir falta, para compensar a serie apresentou novos vilões, os Monges, e caramba! Que personagens geniais, a sacada deles de dominar a terra através da adoração e não da violência foi brilhante, é de se esperar que personagens tão bons assim deem as caras novamente na serie, sua aparição foi tão memorável que eu até acreditava que este arco se estenderia até o último episódio, que nada, a coisa só evoluiu dai pra frente!

 Não da pra citar todos os episódios que a temporada teve mas o que dizer sobre os dois últimos episódios? Só alegria ao assistir o desfecho da temporada, foi naquele momento em que ficou claro pra mim que esta foi a melhor temporada de Doctor Who até agora, Steven Moffat não poupou genialidade ao se despedir da série, ele vai fazer falta, muita falta mesmo...

Cybermen clássicos!

 Trazer os Cybermen clássicos no final da temporada não foi o suficiente, não, eles trouxeram também John Simm para reprisar seu papel como Master, que brilhante o personagem contracenando com sua reencarnação Missy (Michelle Gomez), a personagem estava tentando mudar, estava tentando se tornar boa e o Master veio para atormentar a personagem, criar a dúvida, a dualidade, o medo e a insegurança, não sabíamos ao certo se a personagem realmente queria mudar ou era somente mais um plano maquiavélico do rival do Doctor, no entanto o Time Lord acreditava na Missy, apesar de todos os pesares, a Missy era o amigo mais antigo do Doctor e o que mais o entendia, no final o personagem decidiu ajudar o Doctor mas ninguém pode ver a mudança, o Doctor jamais soube que ela havia retornado para ajuda-lo, um final trágico para a personagem que possivelmente só irá retornar a serie em uma nova reencarnação, voltará o Master como aliado ou vilão? Vamos aguardar.

 A genialidade do último arco de uma nave espacial próximo a um buraco de minhoca em que o tempo passa diferente de cada ponta da nave é genial, isso é Doctor Who sendo Doctor Who, mostrando o porque esta é para mim e para muitos a melhor serie de TV de todos os tempos.

Bill amorzinho <3

 A serie irá retornar no especial de Natal, o último ato de Peter Capaldi como Doctor, vai fazer muita falta, um Doctor que só foi ficando melhor a cada temporada, não é atoa que hoje ele é o Doctor predileto de muita gente, e aquela última cena do Doctor encontrando sua primeira encarnação, minha cabeça explodiu em um bilhão de pedaços, é claro que não é o William Hartnell (afinal de contas o ator faleceu em 75), mas mesmo assim será fantástico os dois Doctors contracenando juntos, o que esperar desse especial de Natal? Só amores e muitas lagrimas, eu não estou preparado para dar adeus ao Capaldi, nunca vou estar, que Doctor maravilho!

 Daqui pra frente é impossível prever o que será de Doctor Who, um novo Show Runner assumirá o cargo de Steven Moffat, Jodie Whittaker será a próxima Doctor, a primeira Doctor mulher da serie, uma nova companion também fará parte do elenco, sinceramente eu não sei o que esperar, só sei que estou ansioso pelos próximos episódios, que venha mais Doctor Who!