Castlevania: Analise da primeira temporada do anime da Netflix

 O anime de Castlevania finalmente estreou na Netflix, com um total de 4 episódios e uma segunda temporada já confirmada a animação é um prequel para os eventos de Castlevania III: Dracula's Curse.



 Estava ansioso para enfim poder assistir o anime de Castlevania, creio que depois de The Legend of Zelda a franquia da Konami é a minha predileta dentro dos videogames, e felizmente, foi muito bem adaptada.

 O anime se passa antes dos eventos de Castlevania III: Dracula's Curse, lançado em dezembro de 1989 para o NES (vulgo Nintendinho), ambientado no ano de 1475 o anime mostra o Dracula jurando vingança contra a humanidade após sua esposa ser morta na fogueira por ser considerada uma bruxa, somos apresentados também a Trevor Belmont, membro de uma família caçadora de vampiros que decide abandonar seu destino e vagar pelo mundo sem rumo.


 O anime foi muito bem adaptado e respeita o enredo da serie Castlevania, no game além de Trevor Belmont nós tínhamos três personagens jogáveis: Sypha Belnades, uma sacerdotista com poderes de fogo e gelo, Alucard, o filho do conde Dracula que jurou parar seu pai para atender o último pedido de sua mãe e Grant DaNasty, um pirata que tinha as habilidades de escalar paredes e lançar facas, os dois primeiros marcaram presença no anime, possivelmente na próxima temporada Grant também dará as caras por lá.

 O anime é bem violento e traz todo aquele estilo gótico presente nos jogos, as cenas de ação apesar de curtas são bem pontuais e não deixam a desejar, possivelmente o maior ponto negativo na minha opinião foram as dublagens, o áudio original deixa a desejar e a dublagem nacional é simplesmente ok, nada espetacular.


 Durante os quatro episódios da temporada pouca coisa foi mostrada, e o encerramento do último episódio lhe faz chorar para querer ver mais, vale citar que a aparição de Alucard é de cair o queixo, o visual do personagem foi inspirado no seu design de Symphony of the Night, na versão de Dracula's Curse ele tinha uma aparência idêntica ao Dracula (que era idêntico ao Dracula interpretado pelo Christopher Lee).

 O anime de Castlevania vai sim agradar os fãs da serie mas deixará aquele gostinho de quero mais, agora só nos resta aguardar e torcer para que uma segunda temporada nos de mais episódios, vale demais a pena assistir.