Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls! Game viciante para GBA

Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls (algo como A Alma Eterda do Duelista) é um game da famosa franquia da Konami lançado para o Game Boy Advance em julho de 2001 para o Japão e outubro de 2002 para os Estados Unidos, o game te pega pela simplicidade e pela mecânica viciante que o Card Game oferece, para quem já jogou ou ainda joga monstros de duelo é uma boa pedida.


Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls
 Jogo Yu-Gi-Oh desde quando o anime estreou na saudosa TV Globinho, tinha um grupo de amigos que sempre nos reuníamos para travar duelos a tarde inteira, sempre que possível continuo jogando o Card Game até hoje mas atualmente me dedico não as cartas e sim aos videogames da serie, sou atraído por aqueles que mantem fielmente as regras do jogo e não aqueles que inventam regras malucas que desbalanceiam toda a mecânica do jogo (não consigo entender as pessoas que gostam do Forbidden Memories do PS1, sério, aquele jogo é uma bosta), Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls mantem fielmente as regras e tem uma vasta coleção de cartas para personalizarmos nosso Deck, o que vai nos fazer gastar horas e horas jogando sem parar.

Rei Caveira tunado
 Inicialmente podemos duelar contra 5 personagens diferentes e outros poderão ser desbloqueados assim que vencermos determinados números de duelos, o mesmo ocorre com os boosters, há 3 opções de boosters iniciais e com o passar dos duelos poderemos escolher outros pacotes de cartas com chances melhores de conseguir cartas mais raras e poderosas.

 O game trabalha com um calendário repleto de eventos como campeonatos e dias que ganharemos boosters especiais, a cada duelo disputado um dia se passará e assim vamos seguindo criando um deck cada vez mais forte.

 Vale citar que em Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls temos a presença das cartas de Deuses Egípcios, no entanto elas não podem ser jogadas mas ainda sim é bacana tentar reunir as 3 cartas.

Adoro essa carta porque me lembra o Link
 Há uma opção de Passwords também em que podemos desbloquear cartas usando os códigos, recomendo a usarem moderadamente esse recurso ou simplesmente ignorar, porque tira muito da graça do game que é conseguir com muito suor cartas cada vez mais raras.

 Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls é uma ótima pedida para os amantes da serie e vale muito a pena jogar, seja pelo próprio Game Boy Advance ou por emuladores (falando em emuladores não deixe de conferir minha resenha sobre o My Boy! um emulador de GBA para Android, clique aqui para ler).

 Já jogou Yu-Gi-Oh! The Eternal Duelist Souls ou ficou curioso para conhecer? Deixe sua opinião nos comentários e um grande abraço!