Filmes de Máfia: Scarface


 Se tem alguém que manja dos paranauê da arte de fazer filmes de máfia é o Brian De Palma, dois de meus filmes de máfia prediletos são deste diretor, um deles é o que vou falar agora, para quem curte filmes de máfia ou jogar GTA vai adorar este filme.

 Vale citar que Scarface lançado em 1983 pelo Brian De Palma se trata de um remake do filme de 1932 de mesmo nome (para quem pensa que essa onda de remake é coisa nova se enganou).

 Há muita diferenças entre a obra original e o remake, para começar a versão original do filme se passa em Chicago, já na versão do Brian De Palma se passa em Miami, vou dar uma breve descrição da versão original antes de falar do filme do De Palma, ai fica mais fácil de comparar o que se manteve no roteiro e o que foi alterado, não vou entrar em muitos detalhes do filme de 1932, até porque eu nunca vi ele.

Scarface de 1932

 Em Chicago por volta dos anos 20 um gangster chamado Tony Camonte (Paul Muni) mata um rival de seu chefe, com isso ele ganha um rápido destaque na gangue, não demora muito para Tony Camonte matar seu líder e tomar seu lugar no controle da máfia; No entanto ele ainda tem que lidar com seu amor possessivo sobre sua irmã Cesca Camonte (Ann Dvorak) que esta se relacionando com seu melhor amigo e braço direito. 

Say Hello To My Little Friend!

 Bem vamos a versão de 1983, o filme se passa no ano de 1980, em Miami, diversos imigrantes chegam de Cuba para os Estados Unidos, dentre eles está Tony Montana (Al Pacino) junto com seu amigo Manny Ribeira (Steven Bauer), os dois e outros compatriotas começam a fazer pequenos trabalhos para o chefe do tráfico de drogas local, Frank Lopez (Robert Loggia).

 Tony Montana de acordo que vai ganhando mais poder e dinheiro vai ficando cada vez mais ambicioso, Tony acaba se apaixonando por Elvira Hanckoc (Michelle Pfeiffer) mulher do seu patrão Frank, de acordo em que Tony deixa de ser um empregado para se tornar chefe do seu próprio negocio de drogas ele vai ficando cada vez mais viciado em cocaína, além de se tornar cada vez mais possessivo por sua irmã Gina Montana (Mary Elizabeth Mastrantonio) e diversos outros problemas que vão o levar do topo para a ruína.

Tony Montana e Manny Ribeira

 O filme é sensacional mas direcionado para o publico adulto que não vai se incomodar com cenas de violência, consumo de drogas e palavrões, para terem uma ideia o palavrão "fuck" foi dito 226 vezes durante o filme, somente pelo Tony Montana foram 182 vezes, Tony é um personagem que desperta uma grande empatia, uma personalidade forte, completamente ambicioso e arrogante, acompanhamos um personagem que começa sem nada, chega ao topo do poder e sua ganancia o leva a ruína.

 O filme gerou dois jogos ainda, o primeiro com nome de Scarface: The World Is Yours, desenvolvido pela Radical Entertainment (Prototype) disponível para Playstation 2, Xbox, Nintendo Wii e PCs, o game teve uma continuação com nome de Scarface: Money Power Respect, exclusivo para PSP.

GTA: Vice City, totalmente inspirado em Scarface

 Scarface também foi transportado para os quadrinhos pela editora Dark Horse Comics, voltando em falar de jogos e como eu mencionei no começo do post sobre GTA, para quem teve uma oportunidade de jogar Grand Theft Auto: Vice City pode ver uma clara inspiração do filme, o game se passa nos anos 80 em uma cidade inspirada em Miami, a trilha sonora de Scarface toca na rádio, além que a mansão do Tony Montana foi recriada, para quem tiver curiosidade de conhecer o game ele foi lançado em 2002 para Playstation 2, Xbox e PCs.

 O filme recebeu notas e criticas das mais diversas, recebeu 84% dos críticos do Rotten Tomatoes e 94% do publico do site, no site Metacritic ganhou 65 dos críticos e 8.6 do público, recebeu na época críticas pesadas da revista New York devido ao excesso de violência e palavrões, como eu mencionei Scarface não é um filme para todos, se tiver este tipo de problemas com filmes nem tente assistir, do contrario eu recomendo muito, um filme incrível e pesado, para quem busca algo do gênero não vai se arrepender.